January 17, 2006

Parágrafos vivos, 1


Enquanto uma coisa está incompleta, sentes-te vivo, é como... é talvez como ter medo que nunca aconteça nada...

William Gaddis, Gótico Americano (1985)

5 comments:

margarete said...

brutal!

Dr. Scepticu said...

não acho que seja bruta; às vezes é um bocado violenta, mas é apenas a sua forma de mostrar carinho

menina-alice said...

Um bocado violenta?! Tu ainda não viste nada!

Anonymous said...

... é talvez como ter esperança que ainda aconteça alguma coisa

(«complicadíssima teia»)

margem

menina-alice said...

Ou saber que se tem ainda essa possibilidade nas mãos (quando se tem). Ter medo é só ter medo. Ter medo que nunca aconteça nada é tão mais angustiante...