March 29, 2006

Momento (des) inspirado


Dedicado a todas as musas, todos os anjos e todas as fadas.

4 comments:

ana said...

Estou no mau monitor, que escurece tudo. Isto é luz natural? Fui ver a legenda, é laser. A minha casa tem muito disto mas em luz natural, acordo muitas vezes cheia de mosquinhas luminosas :) Contrario a tendência para encher a casa e para furar as paredes, porque gosto que a luz tenha paredes e chão onde possa estar. Sobretudo a luz retalhada que interrompe a penumbra... a tua legenda é muito fixe, um gajo sente-se mesmo bem em espaços assim, não é? Será que o laser também é agradável? Na foto, parece. Uma vez andei a fotografar a minha casa e fiz um post chamado "deuses domésticos". Aqui http://estufa.blogspot.com/2005/11/dos-deuses-domsticos.html Foi um dia em que acordei tarde e havia disso assim por todo o lado, em todas as paredes, chão, em todas as divisões, um jackpot de pontos de luz intensa. Fico sempre meio à toa quando a casa fica assim. Gosto muito.

Dr. Scepticu said...

A tua casa tem muitos LASERS? Esquisito. Para quê?

ana said...

Leste-me na diagonal e mal, logo, lixaste-te, a piada não faz sentido.

GANHEI!

Andas preguiçoso porque não deves andar a comer as cenouras todas! >:>

menina-alice said...

Tinha-me esquecido de te responder, Ana! E adorei o comentário. Como deixei para responder mais tarde... Lá diz o ditado... Também adoro essas luzinhas. Tento sempre ter os estores com os buraquinhos para ter essa falta de luz mágica em casa. Foi nisso que pensei quando escolhi a foto, sabes? Ser laser só tornou tudo ainda mais do imaginário dos deuses domésticos.