April 16, 2006

entretanto fez-se mais escuro

Foi Páscoa com o fim-de-semana comprido do costume, a viagem serena no sentido das refeições que repartem presenças e afectos. Os chinelos ficaram no saco dos chinelos. A roupa da praia ficou no lugar da praia. Os jornais ficaram mais ou menos em dia, Judas de cara lavada, instrumento nas mãos de deus e do seu cordeiro. Foram sobressaltos, esplanadas boas, concertos maus, novidades empolgantes para o festival no Verão. A ansiedade das mini-férias que se aproximam. Os planos. O roaming. Os últimos retoque no baby-sitting. A minha avó que parece que desiste. O cabrito do almoço de Domingo, marcando o regresso às lides da carne. O regresso lento e doloroso pela via sacra dos cristos todos que fugiram para perto do mar que só viram. E saudades de quem podia ter tido perto.

Tirando isso, sem novidades.

3 comments:

Paulo said...

Fogo... Em falha inspiração esgrimes palavras como quem sorri ao ver coisa nova no mesmo caminho de todos os dias.

menina-alice said...

Oh... Obrigada.:) Sabes que isso é só fim-de-semana, mixed feelings e sonos em atraso, não sabes?

Paulo said...

Sei, sei!