May 13, 2006

pedaços de livros

- Sei apenas duas coisas muito simples, disse Heikal.

- São talvez as que eu próprio sei.

- Sem dúvida. É por isso que aqui estou, e é por isso que podemos falar com toda a franqueza.

- Diz-me então a primeira dessas coisas. Sou todo ouvidos.

- A primeira é que o mundo onde vivemos é regido pela mais ignóbil quadrilha de tratantes que alguma vez pisou o chão deste planeta.

- Subscrevo por inteiro essa afirmação. E a segunda?

- A segunda é esta: acima de tudo, convém não os levarmos a sério; é isso que eles querem, que os levemos a sério.


Albert Cossery, in A Violência e o Escárnio

5 comments:

B. Dante said...

Gosto de me encontrar em 'pedaços de livros'.Obrigada por mais um,menina alice.

menina-alice said...

É também por isso que os escolhemos, não achas?

B. Dante said...

Nem sempre faço escolhas acertadas.E outras vezes sou eu que sou a escolhida.

Dr. Scepticu said...

Como fazem eles para escolher? Atiram-se das estantes? :]

B. Dante said...

Não é bem, mas é quase...Nunca nenhum te escolheu??