November 01, 2006

mistério radiofónico

Estou pronta a dar alvíssaras a quem me saiba explicar porque passam as rádios apenas os singles dos discos. É que a escolha da editora nem sempre é a minha, aliás, até acontece elegerem uma música que eu prefiro nem ouvir (mas isso já é problema meu, sei bem, já sou crescida!).

A minha quastão parte do pressuposto que as editoras ofereçam um CD, uma promo, às rádios, e que esse exemplar contenha as músicas todas. Chamem-me romântica, mas não consigo imaginar que mandem um mp3 para o e-mail geral da estação... E note-se que já estou a conceder que não ofereçam um exemplar acabado, com a capa, o booklet, o embrulho e o laço.

Logo, não faria sentido que passassem mais faixas para além da eleita do coração de alguém?

6 comments:

Indigo said...

concordo plenamente contigo.o que vale é k já existem radios a passarem otras cançoes que nao o singles(k até poderao vir a ser mas ainda nao o sao) eu hj em dia tenho 1 dom que é descobrir qual vai ser o prox single de 1 determinado album..devo ser dotado :D

mio said...

Acho que tem a ver com royalties e direitos de autor; as rádios passam os temas que as editoras autorizam, acho...

aldina said...

A eleita sem coração, parece-me mais adequado...

Até sempre!

INDIGENTE ANDRAJOSO said...

é por essas e por outras que nao ouço radio...

magarça said...

E a repetição constante dos singles consegue fazer de uma boa música uma coisa verdadeiramente insuportável...

glooka said...

água mole em pedra dura...
o hit é o isco para o resto do trabalho.
olá alice.