June 25, 2007

confesso que pequei

E admito sem pejo que me sinto quase constrangida por ter comido cerejas tão boas a tarde inteira. Tivera eu uma chibata e não deixaria de me aplicar o mais que merecido castigo.

7 comments:

Caril Homicida said...

cilício?

Anonymous said...

Teve o cuidado de as lavar bem lavadinhas? Elas andam por tantas mãos que nem fazemos ideia. Por mim dispenço cerejas, pois a maior parte delas Teem proteínas ou são químicamente tratadas . tenha cuidado pois alguma vêz poderá não chegar a tempo ao W C . J.S.

maria m. said...

constrangida porquê? adoro cerejas! :)

(e não penses autoflagelar-te. se houver lugar a castigo, o teu corpo se encarregará naturalmente disso. mas não há-de ser nada...)

menina-alice said...

Acreditas que dei voltas e voltas para me lembrar do cilício e não me saía?

Tudo lavadíssimo e controladíssimo, JS.

É o judaico-cristão que habita dentro de mim, maria. Só pode ser.

Scarlata said...

Ola'

Acreditas que eu ontem comi um quilo de cerejas? Mas eu nao sinto nem um niquinho de culpa. ;-)

lia said...

À conta destes e outros tópicos já fui à Pérola de Benfica comprar um saquinho de cerejas.

Sem dúvida, uma das melhores invenções da Mãe Natureza : )

menina-alice said...

:)))) Só consigo imaginar um sítio maravilhoso quando penso nessa Pérola de Benfica, Lia.

Tens razão, Chica. As de ontem já não me trouxeram conflitos nenhuns. A ver hoje.