July 02, 2007

sonhos sem nicotina

Dois motivos de peso para desejar ir dormir à noite.

Desde logo, quando se está a dormir, não se tem vontade de fumar. Depois são os sonhos - abundantes, constantes e menos incoerentes que os normais, embora igualmente (ou até mais) desconcertantes, por se aproximarem perigosamente de alguma realidade. Um dos pontos comuns a estas últimas noites é reencontro nos sonhos de pessoas que não vejo há anos, que não tenho particular interesse em rever, mas que aparecem como que a dar-me notícias ainda assim. Às vezes é de raspão num transporte público (sim, nos sonhos ando de transportes públicos), numa mesa onde estão outros comensais à espera para jantar, no canto longínquo de uma esplanada ou coabitando o mesmo aglomerado de cabanas de pescadores à beira de um rio de onde acabo por salvar o meu filho de um tsunami de pequenas dimensões.

Também acontecem coisas como não aconteceriam nos sonhos ditos comuns. Citando - e contrariando - o enorme Sérgio Godinho, quando canta que em sonhos é sabido, não se morre, nos meus sonhos sem nicotina tudo é possível. Os limites normais do onírico normal são não aplicáveis, que é o mesmo que dizer que as minhas noites de agora são longas e maravilhosas trips. Não fossem as horas que passo acordadamente infeliz, e até podia pensar que isto de deixar de fumar tinha a sua piada.

9 comments:

Anonymous said...

Menina Alice.
Já reparou que até tem sonhos, coisa que nunca mencionou anteriormente.A nicotina só traz pesadelos. Pense sempre nos sonhos nem que sejam cor de rosa,laranja abóbora ou o que quiser. Positivamente sonhe sempre. Bjs J.S.

menina-alice said...

Demagogia, JS! Que coisa feia!

Scarlata said...

Amanha vou-te enviar um maço de pauzinhos de alcaçuz para roer.
Isto assim nao pode continuar...

menina-alice said...

És a minha emigra favorita, bem sabes. :)

As trips são do medicamento que estou a tomar. Efeito secundário perfeitamente previsto. ;)

João Lisboa said...

"nos meus sonhos sem nicotina tudo é possível"

Alice... 48 horas depois, ainda tens nicotina no sistema para 10 anos.

Estou a ver que és do género de dar um bafo inocente num "medicinal" e ficares à conversa com o Shakyamuni para o resto do dia...

menina-alice said...

Não é nada! "Disque" 72 horas depois a nicotina já saiu toda p'lo xixi. De qualquer modo, o sem nicotina é eufemismo, os sonhos são da vareniclina. Abençoados sejam os bafos inocentes. :D

margarete said...

lol

p.s. (só para te ir lembrando... ) estamos contigo!

Scarlata said...

http://3.bp.blogspot.com/_IRb2GU6Gz50/RopESeyd4xI/AAAAAAAAChM/003Uw0jkYvo/s1600/ricevuta%2Bpostale.jpg

O burro do homem dos correios enervou-me uma beca, esqueci-me de por la' dentro o bilhetinho. Os pauzinhos sao para roer e chupar, duram muitos dias, podes humedecer o que vais roer com agua se quiseres. Os rebuçados pretos sao de puro Alcaçus, fortissimos! As rodinhas foi uma uma gracinha que recorda os meus tempos de "meninez".
Bom proveito ;-)

menina-alice said...

Emigra tonta! Vou estar à coca da caixa do correio e depois dou logo notícias num post tremendamente delico-doce.

Obrigada, Margas. Isto hoje está a ser 0,5% menos complicado. E quando me chegar o alcaçuz da Enótria!...