July 04, 2007

isto afinal tem um lado positivo

No quarto dia sem fumar, já consigo divisar alguns benefícios de ter deixado o vício:

1 - Deixei de me esquecer do maço de tabaco nos sítios;
2 - Também já não me esqueço do tabaco em casa;
3 - Não se me acabam os cigarros;
4 - Nunca mais perdi isqueiros;
5 - Já não me custa a encontrar o maço dentro da bolsa;
6 - Não ando à procura do cinzeiro;
7 - Não me cravam descaradamente;
8 - Posso lavar os dentes a seguir ao jantar e não voltar a lavá-los antes de me deitar;
9 - Não chego ao trabalho e vejo que só tenho 5 cigarros;
10 - Posso ir tomar café só com uma moeda e os óculos de sol;
11 - Não preciso de fazer equilíbrio com a cinza quando demoram a trazer o cinzeiro;
12 - Vou deixar de ter caldo verde de folhinhas de tabaco em todo o lado;
13 - Não desperdiço o cigarro quase todo se chega o autocarro.


Put out your cigarette, my love,

you've been alone too long;
and some of us are very hungry now
to hear what it is you've done that was so wrong.

15 comments:

Scarlata said...
This comment has been removed by the author.
Scarlata said...

...e podes sair à noite sem mala.
:D

mio said...

Pára tudo! Tu andas de autocarro?

martalx said...

pára tudo 2ª parte! 4 dias sem fumar e já consegues descortinar benefícios? ajoelho-me perante ti, ó messias!

menina-alice said...

O problema, Scarlata (um dos milhares que me ocorrem), é que não posso sair à noite. Nem ter amigos. Nem apanhar narças. Nem sequer ficar muito tempo no PC...

Claro que não ando de autocarro, mio!!! Mas já andei quando era pobre. :D E desperdicei muito cigarrinho.

E reparaste que eram 13 benefícios 13, Marta? Isso da messianidade está-nos no sangue. O meu puto também já é. :D

mio said...

Ah bom, por momentos temi por ti, menina-alice.
Já não bastava teres deixado de fumar só para poderes conhecer o roto do Diogo Infante. >:p

João Lisboa said...

Vamos lá a ver:

- estamos contigo e apoiamos-te nessa justa luta;

- o momento é difícil e, por vezes, nem sempre somos tão fortes quanto necessário;

- enganarmo-nos a nós mesmos nem sempre é mau;

...MAS...

... plamordedeus...essas 13 "vantagens" é como dizer que viver na Somália é fixe porque um gajo não tem de se preocupar com o IRS...

Scarlata said...

ahahahhhahah parao post do joao!

P.S.Ali - Antipatica!

menina-alice said...

Eu deixei de fumar para conhecer o Diogo Infante?... Mazeu, mazeu...

'Tás a ver, JLX? Viver na Somália pode ter todo um encanto. E, se eu não me tivesse enganado, jamais deixaria de fumar, é o que é. Listarei mais vantagens e seduzirei todo o mundo a fazer-me companhia.

Que é que eu fiz agora, Scarlata?! Tem sido só miminhos e lamúrias... Onde é que eu errei?

pennac said...

Tás a dar o flanco! Essa é que é essa: Aliás, nem parece teu, deve ser um efeito secundário do cold turkey nicotinês.

menina-alice said...

EU A DAR O FLANCO?! Não fumar não dá cold turrkey. Se desse era bom porque ficávamos com um aspecto ainda mais infeliz e recebíamos ainda mais mimos. Acreditas que até já me disseram que deixei de ter o ar encardido que os fumadores têm? Ar encardido!!!

João Lisboa said...

"Não fumar não dá cold turrkey"

...pois não... até já carregas nos "erres" e tudo...

Scarlata said...

hahahah encardido, lindo!

menina-alice said...

:D:D:D:D:D Não foi da sevrage, foi dos nervos.

pennac said...

Bom, ar encardido...também não exageremos...uma tonalidadezinha acinzentada, talvez...cheia de charme, claro, tipo Ilford 50 ISO