August 23, 2007

das mãos para os olhos e dos olhos para o peito

Não posso mentir - quer dizer, até posso e até minto porque me diverte e porque o blog é meu, mas não é agora o caso -, a D80 parece-me ser grande maquinão, deve poder fazer-se (ou refazer-se) o mundo com ela e em muito menos de 7 dias, mas aquilo soa-me sempre a brincadeira. Não fosse ter saído do orçamento e poder vir a proporcionar um prazer mais barato - assim esteja ela amortizada -, eu já andava com o narizito à banda.

Ainda ontem, confrontada com mais um trabalho de revelação perfeito do António do Viragem, voltei a estremecer. Sim, sim, estou muito habituada à F3, mas aquelas fotos até foram da primeira vez que usei a F2 a sério. E o digitalizar... Não há dúvida que dá muito trabalho, mas eu gosto tanto de fazer aquilo, de ir vendo as formas aparecer, os contrastes a fortalecerem-se, a luz a respirar, ali, directamente da película. É quase como ir à padaria às 4 da manhã, buscar pão quentinho e ir a correr para casa e encher de manteiga e comer ainda a queimar.


(este post não te é dedicado, escusas de vir saltitar a dizer eu avisei, porque esta procissão ainda vai no adro) >:>

8 comments:

dolphin.s said...

desmancha prazeres do caraças, pá!!! LOOOOOOOOL

mas eu n vinha dizer "eu avisei", vinha só aos saltinhos a bater palminhas - não pela d80 mas pela F3, a F2 e o António :P

:DDDDD

margarete said...

que parentesis tão lindo! >:P

pennac said...

E e D300? e a D3 com Full frame? Ui...

menina-alice said...

A cana que vocês dão... tsk, tsk. tsk...

dolphin.s said...

quem, o pennac, né? ele dá mta cana!

pennac said...

Fundamentalistas...pfff...

dolphin.s said...

esperarei por ti, pela fm2, pela olympus... por uma 50 1.8


then we'll talk too >:>

mio said...

Olha, quando lá voltares manda bjitos ao António. Tneho saudades dele.