December 20, 2007

há perguntas que nos fazem

Há perguntas que me fazem em que eu, ingenuamente, sou vigorosamente apanhada de surpresa. Normalmente têm a ver com delírios sobre possibilidades de exercer direitos ou deturpação de prioridades. Não as antevejo e tenho de fazer um esforço para esconder os arrepios de asco que me percorrem logo após. Mas há outras perguntas que eu sei que vão aparecer, porque o tempo passa sempre e vai-me levando com ele. Ontem à noite, depois de ler o despacho do Sócrates a dar tolerância de ponto a 24 e a 31/12, eu soube de imediato que hoje, quando chegasse ao trabalho, viriam confirmar se também tinham direito (normal, a dúvida é legítima), mas que não hesitariam em perguntar em tom quase indignado: "E o dia 26?!", isso sim, desarmou-me.



Estarei a mudar de lado?

8 comments:

Célia Leocádio said...

Não há ai gralha?
Escreveste..." ponto a 26 e a 31/12," e eles perguntam pelo 26??

menina-alice said...

Havia pois. Obrigada, Célita. É 24 por supuesto.

margarete said...

jura!

nem sei se hei-de :D
ou se hei-de :S

pennac said...

A 24 "e" a 31?? Não é "ou"!?

menina-alice said...

Pela minha saúdinha. :)



24 [b]e[/b] 31. Daí a minha impreparação para a questão. E nota que, entretanto, já houve quem perguntasse não apenas pelo 26, mas também pelo 2.

dolphin.s said...

camelos.

menina limão said...

entre um :D e um :S vai um :P (com gesto feio junto)

indigo des urtigues said...

Opá..quero la saber, a mim calha bem esses dias :P..e podia vir o 26 e o 2 :D loool 8-)