December 21, 2007

miminho de Natal para o João Lisboa

O consumismo acéfalo dos outros é repugnante, sobretudo na medida em que me impede de praticar o meu. Milhares de pessoas embrenhadas no seu consumismo acéfalo dificultam-me a tarefa de consumir acefalamente, que é extremamente retemperadora da alma, o que raras vezes se admite. O consumismo acéfalo não merece a má imprensa que tem.


Ricardo Araújo Pereira, Visão d'ontem

3 comments:

João Lisboa said...

O consumismo acéfalo obstipa-me a mente (ponto contra) e estimula-me os piores instintos (ponto a favor). Mas um miminho é um miminho.

menina-alice said...

É uma forcinha para estes dias difíceis. Longe de mim obstipar-te. Já estimular-te os piores instintos pode ser uma alternativa interessante ao Natal tradicional. Vamos trabalhar isso com mais tempo e dedicação.

lisabel said...

Oh! :-)

Passei os últimos dias a ler e reler (para os outros - que chata!) o livro que reúne esse e outros textos... Já leste o dos McCanns, Menina Alice? Acho lindíssimo :D