March 15, 2008

felizmente tenho um laptop novo

Hoje pareceu-me ouvir as palvras "PS" e "piercing" numa mesma notícia, mas deve ter sido a obstrução das vias respiratórias que me toldou o entendimento. Ou uma uma loucura qualquer a que o Sócrates se permitiu para celebrar a vitória do Zé Luis.

Desde ontem ando a matutar nisto de marimbar para a Delta Q, voltar a tomar café ali na pastelaria e passar a cumprimentar o indigente mental que (não) serve às mesas com um bom dia tão efusivo que o faria existir logo de manhã.

Não há TVCabo na área da minha residência há mais de meia-hora. Logo hoje que eu me tinha proposto ver o Sei o que fizeste no Verão passado. Terei de ir ler um livro?! Não há alternativa à erudição?

4 comments:

Célia Leocádio said...

laptop?? Oooh qual é?

Eu tb vou ter um novo, (claping hands, oh boy, oh boy).

Estou farta de ficar confinada ao bolorente, frio e desarrumado escritório. Perco imensas séries e programas bons com tanto trabalho para fazer. Assim, e com umas almofadas que há no ikea poderei disfrutar do melhor de 3 mundos: O meu sofá, a internet, e a Fox/Axn.

menina-alice said...

Tu também vais? Isso é tótil. Eu tenho um (prepara-te...) Toshiba Satellite A200 - 21T. Ontem já me fartei de postar de meu sofá, a ver TV e com a bola de pêlo enroscada e a partilhar a manta. Estou a amar toda esta mobilidade.

Célia leocádio said...

hummm, os Toshiba....
hás-de ter ido pelo preço concerteza. Por dentro é uma boa máquina, mas por fora deixa algo a desejar, em termos de acabamento e qualidade do material. Dos toshiba, a gama Tecra, profissional, supera os Sattelite, mas é carrissimo.
Há largos meses que mantive a minha indecisão...e na linha da preferencia estiveram sempre os Sony Vaio. todas as semanas e sempre quepodia, tirava tempo para ir a Vobis e Staples namora-los um pouco. OS da Série FZ, uns que agora até já tem Bluray, mas quis o destino, esta semana, que numa decisão super radical, e seguindo o conselho do paulo, encomenda-se um mcbookPro.
confesso-me pouco fan dos Macs, sou uma gaja formatada ao Windows, mas aquilo realmente supera tudo. tenho que me habituar ao dito cujo. é um investimento pesado, mas graças a retribuição de fim de contracto, que isso é possivel.
Já me imagino refastelada no sofá, passando as tardes de fim de semana a produzir magotes em frente ao televisor, com as minhas meninas.

menina-alice said...

Claro que o preço contou. Mas nota que pedi pareceres e foram favoráveis para a relação qualidade-preço. Já tu, como é óbvio, sedo uébedizainér, precisas de uma máquina toda em si potente e pujante. E o Paulo sempre me pareceu gajo que havia de ceder ao Mac... :D