May 12, 2008

carried in the arms of cheerleaders

carried in the arms of cheerleaders

eu toquei

Mais deste momento de iluminação aqui na salamandrina.

28 comments:

dolphin.s said...

CRL!!

F*D*-S!!!

acho que nunca disse tanta asneira durante e dp de um concerto. é que são as vocalizações que mais se adequam crl!

lebredoarrozal said...

que inveja:(

alicinha said...

foi mesmo muito bom, lebre. religioso.tenho pena que não tenhas estado lá.

alicinha said...

eu, D., eu nem asneiras consigo dizer. renasci-me.

lisabel said...

:D

Já eu aproveito toda e qualquer ocasião para citar o Manel Cruz:

«Eu viii... mas não agarrei».

Alicinha, já podes ver bonecos no site do costume : )

dolphin.s said...

tás viva menina Lia? :D

ex(?)-ícone indie said...

à guisa de silogismo: vocês tocaram-Lhe, eu toquei-vos, logo eu toquei-Lhe. pode ser, sim, sim? ao fim de quase 12 horas ainda estou em semi estado de transe... dog give me strength...

alicinha said...

OK, está muito bem o plural majestático, mas dá-me ideia que falhaste ali um "V" maiúsculo...

Eu tb não estou capaz.

dolphin.s said...

a banalidade de um dia no escritório depois "daquilo", é letal.

alicinha said...

eu diria tixicidade, mas ok, banalidade também serve...

Pedro said...

o que é uma tixicidade?

alicinha said...

Eu estou muito combalida...

É toxicidade. [ar envergonhado até]

ex(?)-ícone indie said...

nem discuto. fica aqui a correcção: eu toquei-Vos.

João Lisboa said...

Eu testemunhei. Eu vi. Ainda que estas fossem as minhas últimas palavras, seriam sempre e só assim: vós que tendes ouvidos, ouvi, vós que tendes olhos, vede - ELA FOI UNGIDA, ELA já não é mais apenas "a Alicinha", mas um veículo de forças muito superiores que a todos ultrapassam, ELA foi transportada a um plano vibratório infinitamente elevado onde os meros mortais não ousam aventurar-se!

A Aura do Divino envolve-A e quem aflorar - mesmo que ao de leve - com os dedos a fímbria das Suas vestes será salvo!

Aleluia! Aleluia! Rejoyce!!!

ex(?)-ícone indie said...

nice. eu toquei na ungida (perdão, na Ungida), mais precisamente na fímbria das suas vestes. acho que estou, tipo, salva, né?

alicinha said...

"acho que estou, tipo, salva, né?"

Totally, bitch!

"A Aura do Divino envolve-A e quem aflorar - mesmo que ao de leve - com os dedos a fímbria das Suas vestes será salvo!"

Tu desenrascas-te muito fixe. Qualquer dia, dás por ti a escrever num semanário de grande circulação...

João Lisboa said...

"Qualquer dia, dás por ti a escrever num semanário de grande circulação..."

Mas que importa, agora, isso? Vanitas, oh vanitas!...

Permiti apenas que, por um fugaz instante, me volte a ser autorizado acercar-me de tão poderosa Fonte de Emanação Vibratória e, assim, este ínfimo nada possa enxergar um vislumbre da sombra - a sombra basta-me - de tão Incomensurável Grandeza.

Sei que o não mereço. Mas Vós sois Clemente e Magnânima.

alicinha said...

Fonte de Emanação Vibratória?... Tens noção que nem todos são puros de espírito como tu e eu e que podem associar a essa minha poderosa condição objectos do demo que operam a pilhas?

dolphin.s said...

impuros de espírito? >:>

lisabel said...

Ele lembrava-se de mim.

Anonymous said...

tenho um amigo que, no sudoeste, deu dois beijinhos (calma, nas bochechinhas*) a cada uma das namoradas dos moços, à excepção do loiro que grunhe.

acho que ele saiu a ganhar é que completamente agora não poço contar maizestorias tenho de sair ir dar de comer às rô
l
a
s

pazia mora tod
ox jokas
*da cara

jb

Anonymous said...

cabronas das rô
l
a
s

k n vêm c o biku ao pai

cabr
o
n
a
s

tanto milhu tão pôco biku

jb

alicinha said...

hádes arranjar muitos bikus açim, hádes.

pazia mora todox jokas :D:D:D:D:D:D



IURD?...

Anonymous said...

iurd.

foi o mais parvo que consegui. o mais imbecil, qualquer coisa de absolutamente isiota que é a melhor maneira de não dizer nada, de não dizer o que se pensa.

o humor é uma coisa bonita, ser palhaço é um descanso e quanto pior se escrever menos chatices se tem e cá se vai andando bem obrigado as rolas estão boas deixo aqui um beijo à alicinha e o que mais houver de bom haja paz no mundo e menos cáries na serotonina ou lá o que aquela merda que nos fode um pouco mas também se não for para dar trambolhões e partir a cana para que raio teríamos nariz um tipo até consegue respirar pela boca dizem que um tipo até consegue respirar é do caralho um dia até vou experimentar isso enfim beijinhos e abraços aqui deste pedaço de céu de careca em marcha e colgate na mão azinha para a alegria azinha azinha azinha vou tratar da passarinha meu amorzinho toma lá um beijinho.

Anonymous said...

não é isiota, é idiota, idiota.

alicinha said...

O que eu gosto de ti não está escrito em lado nenhum. :D:D:D:D:D

Depois ajudo-te com as rôlas, que tu deves estar a usar milho roxo.

*******

Anonymous said...

num precizo de ajuda com az r^o
l
a
z

a r^o
l
a é k pruciza de ayuta ayuda ou o karai kom mê

digu yo ke n gosto de pesto e thinks the guitarristas were drogados mé je ne sé pá

isté o k poço dizer de entre o k n poço dizer de entre o k n sei k é vulgarmente tudo excepto milho gay milho vermelho
pelos caminhus da aula magna eu vi tanta coisa linda
mas só 1a sem igual
é do cock tudo isto
está kente no meu imbigo
triste é viver junto ao mar
e ter rinite alérgica
é que foda-se

Anonymous said...

zeskeci.me de dizer
o alicinha
k o k eu gosto de ti
esta inscrevido nos grafites d
a minha émoglubina