December 07, 2008

há 9 anos, a esta hora, estava a tomar um duche muito zen, mas era terça-feira

Os Domingos o que têm é o espaço. O espaço que sobra do que deixamos da parte desocupada, a que não tem prédios e a dos vazios com ervas erradas e sem sentido por entre os prédios. Como se o espaço que ocupamos na rua fosse o da folha em branco que tanto angustia alguns escritores, aqueles que, como todos nós, não gostam de trabalhar, arranjaram uma boa maneira de o fazer, mas vivem de consciência pesada por terem a vida boa. Ao Domingo, sobretudo se for cedo, acordo e vou logo à janela certificar-me que não vejo lá nada, nem pessoas, nem carros. Se houver chuva tanto melhor, que as gentes ainda se cortam mais e prolongam-se nos aconchegos. Aguço os ouvidos para me deleitar com a certeza de os vizinhos ainda não fazerem barulhos e só depois volto a dormir, escolhendo acreditar que daqui a oito dias volto a receber o beneplácito.


Que seria deste post sem o gerúndio?

7 comments:

dolphin.s said...

só para dizer que quartas-feiras são dias de génios >:>


e que adoro sair de casa de manhã, passear com a cadela debaixo da chuvinha miudinha e só me cruzar com alguém quando ao chego ao café, quase vazio. só preciso dizer bom dia para me entregarem a dose de cafeína na mesa.
depois volto em silêncio, por debaixo das árvores, por entre as folhas amarelas.

Anonymous said...

MÃE.
Faz hoje 9 anos que estavas contentíssima por eu ter nascido. Podes crer que estou muito grato pelo que tens feito por mim.Gosto muito de ti e, vou fazer todos os esforços para que não te arrependas de me teres dado á luz.Um beijo e um abraço do tamanho do mundo. Teu filho W.

margarete said...
This comment has been removed by the author.
menina alice said...

O meu filho anda muito do love, acho eu... >:> E anónimo... :D

alex said...

parabéns ao w. e à mãe.

(o puto é do baril)

Mr. Steed said...

parabéns ao pai parabéns à mãe parabéns ao filho e à gata também

(ai q verso tão lindooooo)

menina alice said...

Obrigada (atrasado). Começa a fazer espécie o gajo ser tão grande. Mas é tão mais fixe assim...