February 28, 2006

counting sheep - Brokeback Mountain

Uma história de amor tocante. Bem filmada, com paisagens de tirar a respiração, fotografia belíssima, silêncios naturais. Um filme de cowboys, com cowboys gay. Um filme a questionar a sexualidade desses homens sós, símbolos da masculinidade americana. O amor gay tratado como mais um amor impossível apenas, sem exploração aberta da controvérsia da diferença. Claro que é uma das dificuldades daquele amor, mas é apenas mais uma. Relevante, claro.

De resto, é isso, duas pessoas que se amam, que vivem infelizes porque vivem separadas. Uma das mais velhas histórias do mundo. Boas performances de Heath Ledger e Jake Gyllenhaal, mas nada que nos tire o sono. Um filme bem feito, com a importância exagerada pela relevânica social do tema.

No DVD só se perdia a grandiosidade da fotografia.

4 comments:

N. said...

eu sempre disse que tu sabias dizer dos filmes!...

fada said...

pois... lá está. Foi um passeio higienicó-virtual que aqui me trouxe e me chamou para este post. E a coincidência de títulos, sentimentos e analogias era mais que muita não resisti a comentar. Fica um olá e o link a comprovar.

menina-alice said...

Sempre disse que, a ter um blog, era bom que de vez em quando passasse por cá uma fada. ;)

Dr. Scepticu said...

As fadas não existem >:<