April 29, 2006

William does

Batota! Passa a vida a fazer batota! Eu não sei jogar aqueles jogos das cartas dos Pokémon, dos Digimon, do Yu-gi-ho e afinidades e ele torna aquilo um imenso Calvinball, em que inventa regras a torto e a direito, sem que eu sequer consiga perceber o objectivo do jogo. Tenho pois por projecto imediato tornar-me numa grande profissional desses jogos e vencê-lo sem dó nem piedade. Ou então isto já é o generation gap e não tarda nada começa a encher-me a casa de heavy metal e eu vou ter de lhe desligar as tomadas do quarto.

13 comments:

Jorge Mourinha said...

O facto de te tornares uma grande profissional desses Williamjogos não invalida que ele não te venha a encher a casa de heavy metal e que tu tenhas de lhe tirar as tomadas do quarto.

dolphin.s said...

eu acho que ele vai ser fan da Mariza >:>

alex said...

pobre menina alice... >:|

Dr. Scepticu said...

Só tem o que merece. Eu avisei-a repetidamente sobre os Pokemon.

margem said...

não precisas desligar as tomadas do quarto. há auscultadores, Alice...

menina-alice said...

Pensando bem, vou desligar-lhe as tomadas já...>:>

margem said...

ya, fica às escuras. mas fica bem. surgem novos jogos. e há os mp3 com auscultadores... >:>

menina-alice said...

São só as tomadas, margem! A luz de cime tem um disjuntor separado. :D

margem said...

sei.
e tu sabes que desligar as tomadas não resolve, não sabes?
é aquela coisa dos auscultadores, mp3... e todo um leque de outras possibilidades à prova de tomadas, os cortes de cabelo, as botas da tropa, as tatuagens, os piercings, as correntes, os concertos, o mosh, o crowd surfing, as motas, as cervejas, as miúdas, as claques de futebol, as guerrilhas tripómons-mourómons, as romarias aos concertos da romana e da rute marlene, os livros de auto-ajuda, o retiro para uma comunidade de holandeses numa quinta do alentejo,... >:>


;)*

alex said...

LOL.

margem, é muito bonito confortar uma mãe. >:>

menina-alice said...

Ok, margem! Convesceste-me! Vou pedir o orçamento da masmorra!

margem said...

LOL!

(alex, tentei o meu melhor >:> )

Alice, também tenho duas cá em casa, e de idades bem diferentes!
então, lá vai, de estressada (e, confesso, ultimamente muito desatenta) para estressada, numa de teoria:
sempre vamos saber mais de umas coisas e eles sempre vão saber mais de outras; esses seus mundos de fantasia, em que são reis e senhores, são passos na construção de autonomia e nós damos uma ajudinha: perguntamos porque gostam desta ou daquela personagem, o que acharam bem ou mal naquela história, o porquê duma ou outra regra dos jogos, até pedimos para nos ensinarem umas coisas, e eles - num universo que é seu - lá vão, como quem não quer a coisa, aprendendo a pensar, a repensar, a avaliar,... a gente assim espera, pelo menos...

margem said...

and...

girl, no stress, Metallica 4ever, RATM, Slayer, Moonspell,... >:>

powerful words by MC5: «The time has come for each and every one of you to decide whether you are gonna be the problem or whether you are gonna be the solution.»