April 11, 2007

dois tipos de pessoas que dispenso

As que pautam toda a sua existência pelo pragmatismo e as que têm sempre um corta-unhas à mão e não hesitam em usá-lo.

4 comments:

Scarlata said...

Sim, é de fugir como o diabo da cruz! Yuck!

dolphin.s said...

e as que não têm corta-unhas mas roem e cospem-nas?

menina-alice said...

É mau também, mas confesso que o requintezinho de sacar do instrumento em público e fazer voar restos mortais para cima dos convivas me deixa com muita vontade de passar à luta armada.

bicho_de_conta said...

Aconteceu-me isso ontem, Menina Alice...

Ia no autocarro para casa quando começo a ouvir aquele inconfundível «clic... clic...».

Não consigo entender o que leva as pessoas a não esperar até casa, a sério que não.