May 03, 2007

as mãos sujas

Não posso deixar passar em branco o quão indigesta me está a ser a campanha eleitoral para o Governo Regional da Madeira. Sob pena de soar a "se eu mandasse nesta merda" com a barriga encostada ao balcão de alumínio da tasca, não consigo calar que é uma absoluta vergonha partilhar, seja que espaço for, com uma pessoa com a falta de escrúpulo do Dr. Alberto João Jardim. A Madeira, como ela está há 30 anos, sofre uma das doenças incuráveis da democracia: a tolerância por parte de quem aproveita dos seus votos viciados e a negligência de quem prefere não meter a mão num ninho de vespas. Ambas são atitudes praticamente criminosas, no actual estado de coisas.

A expressão mãos sujas, neste particular, tem uma abrangência de dimensão incalculável.

2 comments:

Anonymous said...

Minha querida.Se sente as mãos sujas com a porcaria das eleições na Madeira, que direi eu que sou naturalíssimo da Madeira? Muitas vezes tenho vergonha de dizer que sou ilhéu. Se eu pudesse ser vespão criava um ninho de vespas do tamanho da ilha na cabeça desse Zé . Beijinhos a todos. J.S.

menina-alice said...

Olá, JS! Soou o alarme AJJ por aí? :D