November 05, 2007

ar de menina, sapiência de avó

Acordar com um mimo deste tamanho, vindo de uma menina cuja escrita me envolve sempre, porque conta as histórias mais simples como se desfiasse a História do Universo, como uma avó centenária que passou a vida numa cadeira de baloiço rodeada de netos.

Como diria o enorme SG da Carolina: ar de menina, sapiência de avó.


*****

2 comments:

lisabel said...

Mas... é apenas a verdade : )

Uma boa semana para vós (a Raquel e babados pais acusam e agradecem os vossos votos de felicidades!).

alex said...

por acaso, tinha lido directamente na fonte e calculei logo que ias babar (qualquer um, né?) ;)