February 27, 2008

FMM Sines 2008 #1 (faltam 141 dias) - a começar assim...

FMM SINES: FESTIVAL MÚSICAS DO MUNDO
Beirut no FMM 2008

Beirut, um dos mais bem sucedidos projectos da música alternativa dos últimos anos, é o primeiro concerto confirmado do Festival Músicas do Mundo (FMM) de Sines 2008. Dia 24 de Julho, Zach Condon e a sua banda sobem ao palco do Castelo para a sua estreia no nosso país.

Beirut cruza referências aparentemente tão distantes quanto a música das fanfarras ciganas dos Balcãs, música folk e pop independente e a criatividade dos grandes cantautores clássicos. No espaço Myspace da banda, as influências assumidas incluem nomes como Jac ques Brel, The Magnetic Fields, The Smiths, Kocani Orkestar e Serge Gainsbourg.

O centro dos Beirut é o cantor e multi-instrumentista americano Zach Condon, um prodígio musical de 22 anos que com apenas 15 gravou em casa um disco electrónico inteiro inspirado pelo seu amor a The Magnetic Fields.

Ainda adolescente viaja pela Europa, onde toma contacto com universos musicais que serão determinantes na definição da sua trajectória musical, como o dos ciganos dos Balcãs, o francês e o alemão.

Não tem mais de 19 anos quando, no seu quarto de Albuquerque, Novo México, grava praticamente sem ajuda o seu disco de estreia, “Gulag Orkestar” (2006), onde toca mais de uma dezena de instrumentos.

Desde esse disco, a crítica não tem poupado elogios à maturidade da sua voz e ao charme europeu e intemporal das suas composições.

O Festival Músicas do Mundo (FMM), uma organização da Câmara Municipal de Sines, desde 1999, é o maior festival do seu género realizado em Portugal.

A sua 10.ª edição acontecerá em Porto Covo e na cidade de Sines entre os dias 17 e 26 de Julho de 2008.


texto copiado do site do festival


40 comments:

margarete said...

este ano é que tem de ser: marcar férias para estes dias!

c said...

Vai ser difícil circular em Sines nesse dia

margarete said...

olha-me este preocupado com o trânsito! :D

martalx said...

pronto, lá vou eu ter que ir. começa a tornar-se uma tradição, este FMM de sines. e vampire weekend não se arranja? era nice, um palco dedicado a miúdos betos que fazem "fake world music", ouláoqueéqueissoé.

menina-alice said...

Férias sempre a coincidir com Sines. Sempre. O trânsito!... :D:D:D:D:D Em Sines circula-se sempre. vai-se mais cedo e janta-se lá.

Tu sabes que ainda no outro dia eu dizia ao crítico de renome que os VW fariam lá todo o sentido? Agora quando escreveste "pronto, lá vou eu ter que ir" fizeste-me lembrar a minha anedota preferida de loiras. A da casca de banana. :D

menina limão said...

já conhecia os rumores e finalmente confirmam-se! acabei de dar a boa nova lá por casa e venho aqui encontrá-la também. :D :D

margarete said...

conta a anedota, já.


agora apeteceu-me bolos (plural) daquela pastelaria...

(pena é o trânsito)

menina-alice said...

"(pena é o trânsito)" :D:D:D:D

O que é que uma loira pensa quando vê uma casca de banana?

martalx said...

o crítico de renome contou-me essa (e também a resposta que te deu), daí a minha posta aqui na tua caixinha de comentários. é assim a modos que uma pressão. nunca se sabe quem passa por aqui e lê estas coisas.

margarete said...

vá, o que é que a loira disse?

menina-alice said...

Tu és fixe. Gosto de ti. És da máfia?

menina-alice said...

"vá, o que é que a loira disse?"

Mas estás num sítio onde possas rir com gosto?

margarete said...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL!

margarete said...

I know people who know people. 8)

(recebi msg com a resposta)

é cute, é >:>>

c said...

...e jantamos onde?
a adega só serve almoços. será que o senhor abria aquilo para um grupo à noite? era um sítio brilhante...

margarete said...

pic-nic! pic-nic! >:>>

menina-alice said...

Não é deliciosa em toda a sua simplicidade?

Se formos cedo, podemos jantar em vários sítios, nomeadamente na Churrasqueira, que é barata e boa e ao lado. Mas nestes dias grandes prefiro jantar fora fora de Sines. Depois tem é de se estacionar longe, mas andar faz bem glúteos.

c said...

"aquela pastelaria" é a Vela d´ouro, mais conhecida por "Galegos"

é a 50m da porta para o FMM

margarete said...

>:( não se chama galegos? andei enganada este tempo todo?

menina-alice, e o trânsito? :(

p.s. por mim, como bolos da pastelaria que se faz passar por outro nome

menina-alice said...

Margarete... Como dizer-te que isso do pic-nic, se eu estiver, é algo que não faz grande sentido?... E como dizê-lo sem gritar?

c said...

Alice-menina, a churrasqueira é a Adega que falava, mas só serve almoços.

c said...

eu: tão esperta que ela é para algumas coisas e depois sai-se-me com estas

CM: LOOOOOOOOOOOOL
posta essa depois de mim! vá, vá!

margarete said...

não fujam à questão principal: E O TRÂNSITO?!!! :(

menina-alice said...

Não! É um novo. Nessa rua, mas novo e grande. Já me fartei de jantar lá. E a adega durante o festival também bomba jnatares, não? Ou estou a confundir?

São vasquinhos os bolos, margarete. Vasquinhos.

O trânsito não nos assusta margarete. O que nos assusta são os pic-nics.

margarete said...

já te disse que os vasquinhos não são nada de especial
gosto dos palmiers cobertos, dos natas! nham nham! ficam em 2º lugar a seguir a Belém, as fatias, etc

atenta ao que digo, menina-alice, tu ainda não gostas de pic-nics porque nunca foste comigo

(estou deveras preocupada com o trânsito)

c said...

qual trânsito?

aquilo lá chega-se de barco, ou não?

menina-alice said...

Eu digo-vos: o melhor é uma pessoa nem ir. As acessibilidades são um pesadelo, só gente que não toma banho e endrógados. Aquilo está cumhádir. As pessoas o melhor que fazem é guardarem-se para o Sudoeste. Lá sim é que há condições. Ali já deu o que tinha a dar.


[>:>]

margarete said...

e os cãezinhos? :(

c said...

cães? sei é de gatos que vão ficar em casa a arranhar poltronas por esses dias...

Cláudia said...

Desculpem lá "entrar" assim na conversa mas há alguns anos que tiro férias para ir ao FMM e tem sido do "best".
Partilho com vocês o gosto pelos Galegos!! Já experimentaram as "arrefadas"? ou lá como se chamam?
Pic-nics podem-se fazer entre Sines e Porto Côvo....há por ali uns pinhais que até churrascos dá para fazer!!
Este ano espero não faltar!!

menina-alice said...

Please do, Cláudia, please do. São arrufadas. Eu não vou em pic-nics. Sou uma pessoa que gosta de cadeiras e essa é uma das minhas convicções fortes.

Margarete, eu nunca vou gostar de pic-nics. Tem bichos e plantas.

menina limão said...

isto do blogger agora avisar para o mail que a outra pessoa já comentou dá nisto: conversas no blog para toda a gente cuscar. coisa que fiz, claro, que eu também sou gente.

ora bem, parece que é em julho que eu conheço a alicina e as gaijas convivem (parte, pelo menos). :D

se bem que agora soube que Beirut também vai ao coliseu de lisboa e digamos que fica mais à mão.

reparo importantíssimo: Sudoeste tem condições??? se aquela bodegada tem condições (nunca estiveste em Paredes de coura, está visto), então nem quero imaginar Sines. cruzes.

menina-alice said...

Oh Limão! Tu queres dizer-me que a minha campanha: Por um Sines Livre da Pressão Demográfica Durante o FMM (PSLPDDFMM) tem credibilidade?! Achas que formulei bem? Nem se nota que nunca fui nem hei-de ir ao Sudoeste porque não consigo imaginar-me com pó na boca antes de morrer?

27 o Coliseu não é? Mas não cheira a hortelã como o castelo e o resto, cara amiga, são pevides.

Cláudia said...

Bom, a "vantagem" de Sines é que tem sempre uns concertos à tarde...dá para ir ver ainda com chinelos e areia...e depois pode-se fazer praia...
Pois Sudoeste também nunca fui mas também concordo com a menina alice: "pó na boca" é que não!
Sines é mesmo no meio do alcatrão.

menina limão said...

LOL

é o que dá ler as coisas na diogonal. já é muito amor dar-me para cuscar as conversas. nem a cuscar sou boa, foda-se.

António Pires said...

Menina-Alice:

Será que é desta que nos cruzamos em Sines?... O ano passado estive lá os nove dias e não te vi - talvez por causa do «trânsito» :)

Entretanto, os Gogol Bordello vão voltar mas não a Sines :((( Vão a Algés... (e aqui a palavra «algés» é um anti-climax absoluto).

menina-alice said...

Se não for antes, assim o espero António :). Ainda por cima, parece que temos muitos amigos comuns que já são Sines addicted. Deste ano não passará de certeza.

Não sabia isso dos Gogolios. É naquele festival que dá naquele playground enorme ali à beira-rio? Eu não conheço, nunca lá fui, mas confesso que não é sítio que me atraia, não... :|

c said...

Bom... Já vi o Peter Murphy num dia de nevoeiro no Sudoeste!
E vi os Oasis a serem expulsos à pedrada, garrafada e "botada" do palco.
O pó e o calor têm vantagens: Bebe-se cerveja como água e está-se sempre rolar.

Anonymous said...

Alguém me pode ajudar nesta demanda que é encontrar uma casa em Sines para altura do FMM? Dada a urgência, agradecia sugestões.

menina alice said...

Oh anonimousse, eu ali estou em casa, sou pouco versada em alojamentos alternativos. Porque não tentas o site do FMM? Costumam ter sugestões bem fixolas.