March 31, 2008

o apelo da natureza - e se a minha dona se passa?

11 comments:

João Lisboa said...

Título de post alternativo: "posso fazer toda a merda que me apetecer que a totó da minha funcionária humana já ali está de câmara apontada a registar as minhas gracinhas para pôr no blog dela... pathetic!"

margarete said...

"a funcionária humana"... acho que o meu me considera o seu "sofá humano"
:/

margarete said...

olha... ali ao fundo quem é ele! :D

menina-alice said...

E o texto alternativo do teu comentário podia ser: "Como é que tu consegues ter só uma gata e ela ser tão mais linda que os meus três mesmo por junto?"

Maigret, não tem nenhum ele nestas fotografias. E agora?...

margarete said...

somebody... :P

martalx said...

ó alice, perdoa a minha santa ignorância (ou,se calhar, a miopia), mas com que é que a gata quase sem-abrigo está a brincar? já consegui perceber que tem um mickey no meio (ratos, como lhes resistir?), mas de resto estou no escuro...

menina-alice said...

É o máuze do lépetópe, miúda! Ela delira com ele e eu habituei-me a considerá-lo temporário. Parte de mim já anda a ver outros mouses para substituir aquele e a despedir-se dele.

martalx said...

pronto, lá está, devia ter feito a associação: se aquele coiso tinha um rato, só podia ser um máuze. esclarecida e agradecida, sô don'álice.

João Lisboa said...

"E o texto alternativo do teu comentário podia ser: "Como é que tu consegues ter só uma gata e ela ser tão mais linda que os meus três mesmo por junto?"

Credo, Alicinha!... Que mau feitio... Tu não percebeste? Aquilo era a gata "a pensar". E é claro que os gatos não sabem o que dizem. Quanto mais o que pensam.

menina-alice said...

oh... não pensam os teus? agora vou ficar com trauma de ter mau-feitio. logo eu que sou tão boazinha...

alex said...

linda. d. noémia rula. B)

os máuzes cá de casa são todos temporários. só compro máuzes fatelas e baratos, para não ter um fanico cada vez que um vai à vida.