April 09, 2008

estas luzinhas azuis

Quando compramos um electrodoméstico ou um qualquer equipamento que tenhamos ou queiramos utilizar, deviam colocar-nos um chip algures no corpo que transferisse para o nosso cérebro ou, utilizando o discurso educacional dos dias de hoje, nos armasse com competências para podermos operar o bicho até ao tutano. Eu não leio livros de instruções, seria a afirmação prólogo ao que acabei de escrever e ofereceria o meu mais bonito e sincero sorriso a quem me explicasse para que servem as luzinhas azuis que, lá de vez em quando, aparecem aqui na ceninha que faz de mouse quando temos o mouse ali longe, em cima da mesa da sala de jantar.

11 comments:

margarete said...

beats me... sinal de batimento cardíaco do bicho... sinal de comunicação a decorrer...? :S

dolphin.s said...

sinal de perda de ligação à sua raison d'être

menina-alice said...

Acho que não pode ser... Nessa área do mouse pad (sei lá eu se se chama mesmo assim, mas é aquele quadradinho que nós mexemos com o dedo como se mexêssemos com o rato), se se toca no canto superior direito, onde (também) tem um símbolo com umas setas dentro de um quadrado, a cena ilumina-se. Very spooky stuff...

dolphin.s said...

pá, como disseste qdo tens o mouse longe, pensei que fosse mesmo do rato.

não é a cena do scroll? se arrastares o dedo por aí, ele faz scroll??

N. said...

vocês usam ratos esquizitóides.

alex said...

hulloo neighba, me no qualified, sorry.

:P

Hugo said...

não faço a minima ideia, só sei que luzinhas azuis ficam sempre bem em qualquer lugar.

João Lisboa said...

É por essas e por outras que, quando compro qualquer zingarelho, exijo sempre que seja "para estúpidos".

Ler manuais? Com tanta literatura boa que há por aí que eu ainda não li?...

Aldina Duarte said...

Prefiro o livro de instruções "ao chip algures no corpo" ;)

Convite para a minha nova morada da poesia...

Até sempre!

menina-alice said...

Pus-me a olhar a sério para a cena e acho que descobri! São funções extra, por exemplo, aceder ao mail, ver o connectivity doctor ou mexer no som. Não há como perguntar para descobrir para que servem as coisas.

N., juro que sempre que leio o teu comentário, leio ratos esquizóides em vez de ratos esquisitóides. :D

Vou aparecer, Aldina. Obrigada. :)

alex said...

oops, eu também li ratos esquizóides.