May 29, 2007

Molloy, Samuel Beckett (3)

Nós eramos tão velhos, ela e eu. Ela tinha-me tido tão nova, que fazíamos uma espécie de parelha de velhos amigos, sem sexo, sem parentesco com as mesmas recordações, os mesmos ressentimentos, a mesma expectativa. (...) Eu tomava-a pela minha mãe e ela tomava-me pelo meu pai.

4 comments:

Scarlata said...

Conseguir chegar ai...

menina-alice said...

E esta é só uma citação...

jm said...

é lindo. lindo como o que fica por dizer, mesmo no espaço branco da memória por ocupar.

menina-alice said...

E tem tanto a ver, agora que me chamas a atenção.